• BFF BIKE

GFNY Uruguay - Parte II: Preciso levar minha bike?

O transporte da bicicleta nas viagens é um dilema - será que vale mais a pena alugar uma bike ou levar ser próprio equipamento?


As vantagens de se levar sua própria bike e que ela já esta ajustada perfeitamente ao seu tamanho e você já esta acostumado com ela. Você e ela são uma coisa só, não é mesmo?


Pois bem, isso é muito importante para alguém que vai fazer um pedal tão longo (sejam 170 km ou mesmo 84 km). Dependendo do seu bilhete aéreo, você talvez consiga despachar sua bike como um segundo volume e pode ser que não tenha que pagar excedente de bagagem (mas isso você precisa ligar e confirmar direto com a companhia aérea, já que as regras têm mudado para dificultar a vida do viajante com bagagens).


Por outro lado, caso você seja surpreendido por cobranças adicionais na hora do embarque, vai ficar P* da vida e não vai ter o que fazer a não ser pagar. E para embarcar sua magrela precisara descolar um mala bike (se você nunca comprou um, pode alugar em lojas de bike ou arrumar com aquele brother que poderia te emprestar na camaradagem).


Bote na conta também o desmonta-monta-desmonta-monta da sua bike, afinal, ela não cabe inteira no mala bike, por maior que ele seja. :-)


Se você optou por alugar uma bike, deve primeiramente fazer contato prévio com as lojas locais e passar pela saga de comunicação com eles na tentativa de reservar a melhor opção para você. Isso pode funcionar super bem em locais que tenham boa oferta de equipamentos como EUA e Itália, por exemplo - mas pode ser um obstáculo se você for fazer uma prova num local menor. Ou mesmo se sua comunicação com o sujeito da loja resultar num modelo que serve melhor a sua irmã mais nova do que a você.


As vantagens aqui vão desde a despreocupação total e absoluta com a sua bike (afinal, dado que ela não poderá ocupar um assento ao lado do seu dentro do avião, você não sabe como ela vai ser tratada ate colocar de novo as mãos nela na chegada). E nem vai ficar preocupado se apertou direito os parafusos na hora da remontagem dela no local da prova.


Mas como você vai acabar conhecendo sua nova parceira apenas na hora da prova, corre o risco de perceber ali que o tamanho dela não é o seu, ou que a falta de um fit correto vai pesar em algum momento ao longo da prova.


Nós já tivemos uma experiência com aluguel de bike (já adianto aqui que não foi tão traumática assim), mas agora resolvemos levar nosso próprio equipamento pela primeira vez. E que o anjo protetor das bikes viajantes cuide bem delas!


Veja abaixo como foi nossa experiência alugando as bikes pra fazer o GFNY Nova York no ano passado.




Outras dúvida de viagens com bikes? Pergunte aqui! =)


COLA NA NOSSA RODA!

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Spotify Social Icon

© 2018 por Bike Friends Forever.